terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Pessoas Meio...



Eu sou o tipo de pessoa Meio... meio bonita, meio feia, meio inteligente, meio burra, meio esperta, meio lerda, meio engraçada, meio séria, meio sem grana, meio molhada no momento (acabei de tomar chuva!) etc etc. Pessoas meio isso ou meio aquilo tem o privilégio de conseguir ver os dois lados da moeda, é como se caminhássemos em cima do muro, mas participando dos dois lados. Sempre me questiono porque sou o tipo de pessoa meio e qual seria minha importância no mundo, poderia dissertar horas sobre cada meio, mas prefiro focalizar em dois: meu lado meio alienada e meio esclarecida.
Lembro perfeitamente quando sai da total alienação e entrei na meio alienação, foi durante o cursinho pré-vestibular, contaram-me que meu mundinho bonito nunca existiu, que o mundo era feio, que minhas leituras fechavam meus olhos, que minha distração era um instrumento de manipulação, que minhas roupas, acessórios e comida eram fruto de exploração humana e fonte de desigualdade. Naquele momento tive a percepção de que a verdade era escuridão e a mentira luz.
A partir desse momento me tornei meio engajada, meio politizada, meio revoltada, meio inovadora, desde então sou assim... meio alienada. Sei exatamente que sou manipulada, que a verdade que me contam é parcial, que certos atos e descasos estimulam a impunidade e beneficiam a corrupção.... e o que faço? Nada... devo ser meio apática ou meio conformada.
Estar no meio não me faz melhor ou pior que ninguém, mas me dá opção de escolher um lado. Pessoas Meio tem a opção de ser totalmente esclarecidas, totalmente engajadas, totalmente politizadas, totalmente revolucionárias e não o fazem porque são... meio corajosas, meio preguiçosas e meio egoístas...uma pena!

Ao ler este texto alguns leitores vão dizer: “Nossa por que está sendo tão autocrítica?? Responderei: Estou escolhendo um dos lados e nesse lado não posso ser meio hipócrita!"

2 comentários:

Leandro Arruda disse...

Você é você. Não tem como ser meio você, a não ser que você queira. Mesmo assim, você estará sendo você, não tem como escapar!

Marcelo disse...

Texto muito bem escrito e de uma leveza incrível! Achei legal quando vc fala que passou a ser meio engajada, pois o cursinho pré vestibular fez isso comigo também.
O texto valeu ´´nota`` inteira.
Parabéns.